Polyarteritis Nodosa: causas, sintomas e diagnstico

Poliarterite Nodosa

O que é poliarterite nodosa?

A poliarterite nodosa (PAN) é uma condição que causa artérias inchadas. Afecta principalmente as artérias pequenas e médias, que podem ficar inflamadas ou danificadas. Esta é uma doença grave dos vasos sangüíneos causada por um mau funcionamento do sistema imunológico.

O tratamento contínuo é crucial, e há risco de complicações sérias para as pessoas que o têm e não procuram atendimento médico.

Quais são os sintomas da poliarterite nodosa? PAN enfim afeta todos os seus órgãos, incluindo a pele. Também pode afetar o sistema nervoso central.

Os sintomas da PAN são bastante pronunciados e podem incluir:

  • uma diminuição do apetite
  • perda repentina de peso
  • dor abdominal
  • fadiga excessiva
  • febre
  • dores musculares e articulares

    De acordo com Johns Hopkins, PAN afeta os sistemas nervosos de até 70 por cento das pessoas. Sem tratamento médico, o PAN pode causar convulsões e problemas neurológicos, incluindo redução do estado de alerta e disfunção cognitiva, após dois a três anos. As lesões de pele também são muito comuns. A PAN afeta mais frequentemente a pele das pernas, e as feridas podem ser dolorosas.

    Quais são as causas da poliarterite nodosa?

    As artérias transportam sangue para os tecidos e órgãos. A PAN é caracterizada por artérias danificadas que impedem o fluxo de sangue para o resto do corpo. Quando seus órgãos não recebem sangue rico em oxigênio suficiente, eles param de funcionar da maneira que deveriam. Esse tipo de dano arterial ocorre quando o sistema imunológico ataca suas artérias. Não há uma causa identificável para essa reação imunológica, então a causa exata do PAN também permanece desconhecida.

    Quem está em risco de poliarterite nodosa?

    Embora a causa exata da PAN seja desconhecida, existem muitos fatores que podem aumentar o risco de desenvolver a doença. PAN é mais comum em pessoas que:

    • têm 40 ou mais anos
    • são do sexo masculino
    • têm uma infecção ativa por hepatite B ou C

    É importante entender esses fatores de risco e conversar com seu médico sobre o recebimento de exames regulares. Isto é especialmente verdadeiro se você tiver sintomas de PAN ou se a condição for da sua família.

    Como é diagnosticada a poliarterite nodosa?

    PAN é uma doença complicada que requer vários exames antes que seu médico possa fazer um diagnóstico adequado. O seu médico provavelmente pedirá um hemograma completo para medir o número de glóbulos vermelhos e brancos que você tem.

    Você também pode se submeter a:

    • uma biópsia de tecido, que envolve tomar uma pequena amostra de uma artéria afetada para exame laboratorial
    • um arteriograma, que é um raio X das artérias
    • um teste de velocidade de hemossedimentação (VHS) para medir a inflamação

    A maioria das pessoas com PAN apresenta resultados de VHS elevados. De acordo com Johns Hopkins, biópsias de pele e músculo ou nervo podem ser úteis ao fazer um diagnóstico.

    Uma vez que estes testes estejam completos, seu médico formulará um diagnóstico e plano de tratamento.

    Em alguns casos, os médicos podem cometer dor abdominal e efeitos colaterais gastrointestinais para a doença inflamatória intestinal. Por esse motivo, é importante relatar imediatamente quaisquer efeitos gastrointestinais a longo prazo ao seu médico.

    Quais são as opções de tratamento para a poliarterite nodosa?

    O tratamento mais comum para PAN é uma combinação de medicamentos prescritos, incluindo:

    • corticosteroides
    • imunossupressores
    • medicamentos antivirais

    Altas doses de corticosteróides, ou esteróides, controlam os sintomas da PAN, reduzindo a inflamação e substituindo certos hormônios no corpo. Os corticosteróides podem causar vários efeitos colaterais, especialmente quando tomados na forma oral.

    Os corticosteroides podem ajudar a impedir que seu sistema imunológico atinja suas artérias, mas outros tipos de medicamentos imunossupressores podem ser necessários. Isto é especialmente verdadeiro se os sintomas da PAN forem graves.

    As pessoas com infecções por hepatite recebem principalmente medicamentos antivirais.

    Quais são as complicações associadas à poliarterite nodosa?

    os vasos sanguíneos são muito sérios. Artérias danificadas podem afetar o cérebro, o coração e outros órgãos vitais. As complicações mais comuns da PAN incluem:

    Qual é a perspectiva de longo prazo?

    A perspectiva para essa condição depende do curso do tratamento. As pessoas que não recebem assistência médica para essa condição podem morrer devido a complicações relacionadas. Por outro lado, tomar medicamentos prescritos regularmente pode reduzir os sintomas da PAN e melhorar suas perspectivas. Não há maneira conhecida de impedir o PAN, portanto, sua melhor chance de recuperação é seguir seu plano de tratamento. A Cleveland Clinic observa que, em média, mais de 80% das pessoas que experimentam PAN por cinco ou mais anos sobrevivem.